MPMS lança Campanha “Compartilhe o Natal” 2019

Com o objetivo de resgatar o sonho do Natal, com a entrega de presentes e aquecendo os corações de crianças e adolescentes vulneráveis e com deficiência de Mato Grosso do Sul, o Ministério Público do Estado (MPMS), por meio do Centro de Apoio Operacional (CAO) das Promotorias de Justiça dos Direitos Constitucionais do Cidadão e dos Direitos Humanos e das Pessoas com Deficiência, lançou, na manhã desta sexta-feira (25/10), a 5ª edição da Campanha “Compartilhe o Natal”.

Durante o lançamento, a Procuradora de Justiça Jaceguara Dantas da Silva, idealizadora da campanha, iniciou sua fala agradecendo todos os parceiros e enfatizou que, embora a campanha tenha sido lançada pelo Ministério Público Estadual, ela não é do MPMS e sim de todos aqueles que abraçam sua causa, de todos os parceiros que a apoiam, seja institucionalmente, seja pela doação de brinquedos ou verbas, seja por fazerem a diferença como voluntários.

A Procuradora de Justiça prosseguiu explicando que a campanha é voltada às crianças com deficiência e que não possui cunho assistencialista. “Nós sabemos que é dever do Estado a promoção de política pública para a ascensão do direito das pessoas com deficiência, mas essa responsabilidade não é só do Estado e sim de toda a sociedade”. Após, afirmou que todos podem participar dessa luta, oferecendo ajuda dentro de sua própria especificidade – por exemplo, um empresário poderia oferecer uma oportunidade de emprego, e pessoas de quaisquer profissões podem contribuir com seus trabalhos ou como cidadãos, respeitando os direitos das pessoas com deficiência e agindo para que esses direitos sejam também respeitados por outros. “Assim fazemos a diferença”, concluiu.

O Procurador de Justiça e Coordenador do CAO dos Direitos Constitucionais do Cidadão e dos Direitos Humanos e das Pessoas com Deficiência, Francisco Neves Junior, relembrou o início da campanha, em 2015, por meio da iniciativa da Procuradora de Justiça Jaceguara Dantas da Silva, então Coordenadora do CAO dos Direitos Humanos. Gradativamente o número de arrecadações e parceiros aumentou e, com o êxito e a importância da campanha, o CAO dos Direitos Humanos irá transformá-la em um projeto institucional do MPMS, de modo que passará a fazer parte do calendário do planejamento estratégico institucional e será mantida em todo o Estado de MS, estendendo-se a todas as comarcas.

O Presidente da Associação Sul-Mato-Grossense dos Membros do Ministério Público (ASMMP), Romão Avila Milhan Junior ressaltou que o projeto segue adiante por conta da receptividade dos parceiros. “(…) a palavra de hoje é gratidão. Gratidão a todos os senhores e senhoras que têm colaborado com a campanha. O MPMS, junto com a ASMMP, tem trabalhado em prol de uma sociedade mais justa, livre e menos desigual. E este trabalho pode ser concretizado de uma maneira mais efetiva com a ajuda e colaboração de todos vocês”, enfatizou.

O Gerente Regional da Plaenge, Luiz Octavio Pinho, parabenizou a iniciativa do MPMS e falou do privilégio de participar da campanha, contribuindo para a felicidade dessas crianças.

O Diretor-Presidente do Cotolengo Sul-Mato-Grossense, Pe. Valdeci Marcolino, destacou a importância desse projeto para as crianças com deficiência. “Um projeto que dá esperança de verdade, que nos ensina a sermos homens e mulheres melhores, para ajudarmos outras pessoas. Nós, de uma entidade beneficiada, podemos dizer o nosso ‘muito obrigado’, mas todos que colaboram também têm o seu coração beneficiado, por isso agradecemos sempre”.

O Diretor da Escola do Legislativo da Assembleia de MS, Eurídio Ben-Hur Ferreira, mencionou: “Eu não tinha dimensão dessa campanha. O que percebo é que essa campanha já está se transformando em uma política pública” e em seguida destacou a importância de as instituições se mobilizarem para que os cidadãos possam pensar em como agir de forma mais humanitária.

Doe um brinquedo

As doações podem ser feitas na forma de brinquedos, a serem entregues nos postos de coleta, ou ainda em dinheiro, por transferência ou depósito bancário.

A conta disponível para o recebimento de valores é a da Associação Sul-Mato-Grossense dos Membros do Ministério Público (ASMMP): Banco Sicredi, Agência 0913, conta-corrente 24038-9, CNPJ 15.413.313/0001-49.

O intuito é que, na Capital, com o apoio de parceiros e da 67ª Promotoria de Justiça de Campo Grande (Direitos Humanos) de Campo Grande, sejam beneficiadas as seguintes Instituições: Associação Beneficente dos Renais Crônicos (Abrec), Associação de Pais e Amigos do Autista (AMA), Associação Renasce a Esperança, Centro de Educação Especial Girassol/Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Cedeg/Apae), Centros Estaduais de Atendimento ao Público da Educação Especial, Centro Especializado em Reabilitação (CER/Apae), Cotolengo Sul-Mato-Grossense, Instituto Sul-Mato-Grossense para Cegos Florivaldo Vargas (ISMAC), Associação Pestalozzi de Campo Grande e Sociedade Educacional Juliano F. Varela.

No interior, todos os Promotores de Justiça foram convidados a aderir ao projeto, sendo que os membros das seguintes comarcas já confirmaram a adesão: Sidrolândia, Corumbá, Cassilândia, Iguatemi, Glória de Dourados, Angélica, Sonora, Nioaque e Itaquiraí.

Texto: Elizete Alves/Jornalista – Assecom/MPMS

Campanha Compartilhe o Natal de 2018 chega também ao interior do Estado

Campanha Compartilhe o Natal de 2018 chega também ao interior do Estado

A magia do Natal já está no ar. O Ministério Público de Mato Grosso do Sul recebeu no auditório das Promotorias de Justiça do Fórum representantes de Instituições, Órgãos Públicos e Empresas privadas para unirem forças na Campanha Compartilhe o Natal 2018 realizada pelo MPMS.

Este é o 4º ano da Campanha que tem como coordenadores os Procuradores de Justiça Francisco Neves Junior, Coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça dos Direitos Humanos e Jaceguara Dantas da Silva, Diretora-Geral da Escola Superior do Ministério Público de MS.

Na ocasião, o Procurador Francisco Neves Júnior agradeceu o apoio dos presentes e fez questão de frisar “que quando criança acreditamos em Papai Noel, quando adultos, temos a chance de nos tornar um, e essa campanha é a grande oportunidade”.

A Procuradora de Justiça Jaceguara Dantas enfatizou que a campanha de 2018 pretende atender também instituições de outros municípios do Estado:

“A campanha este ano vem com um desafio a mais, esperamos atender Instituições já constituídas no interior do Estado, como a Pestalozzi e APAEs. Sabemos que nosso esforço é maior esse ano e acreditamos que, apesar de parecer difícil, será muito mais compensador, já que vamos atingir o coração de mais crianças”.

Além dos brinquedos e tabletes, a Campanha traz outras necessidades que foram apresentadas aos parceiros, e prontamente atendidas, como por exemplo, os pontos de coletas que devem ficar em lugares estratégicos na Capital e agora também no interior do Estado.

Estiveram presentes nesta segunda, das três etapas da Campanha: A Federação das APAEs, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Ministério Público do Trabalho, Unisaúde MS, Senar/MS, Sistema Famasul, Tribunal de Contas do Estado, Escola Paulo Freire, Auxiliadora/CG, Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (SEDHAST), Shopping Campo Grande, Assembleia Legislativa, Sindicato dos Servidores do MPMS – SINSEP, CASSEMS, União das Câmaras de Mato Grosso do Sul, Ticiana Eventos, Águas Guariroba, Associação dos Fiscais de Rendas do Estado de Mato Grosso do Sul (FISCOSUL), Sindicato dos Fiscais de Rendas do Estado de Mato Grosso do Sul (SINDFISCO), Vis-a-Vis Noivas e Malibu Bartenders. .

O Lançamento oficial da Campanha, acontece na última semana de outubro.

 

Texto e fotos: Waléria Leite – Assessora de Comunicação /Jornalista